quinta-feira

Aleatórios #32: K-Drama The Heirs

Hoje trago a vocês, pela primeira vez, uma resenha de K-Drama! Uhuul! Pra quem não sabe, K-Drama é basicamente uma série coreana. Temos de todos os tipos e temas, para várias idades e gostos.

The Heirs foi o primeiro K-Drama que eu assisti, e com certeza me pegou desprevenida, não esperava gostar tanto quanto gostei, sério eu amei!  Então, vamos pra resenha!

 Resultado de imagem para the heirs

Kim Tan é o segundo filho de uma grande e rica família coreana, que é muito influente. Mas ele sofre dentro da própria família por ser um filho ilegítimo. Discriminado pelo próprio irmão,que quer todas as ações da empresa, ele vai morar nos EUA. E lá, por coincidência, acaba conhecendo Eun Sang.

Eun Sang vive com sua mãe, que é governanta de uma família rica. Para ajudar nas despesas, Eun Sang da duro todos os dias em seus vários empregos. Quando ela recebe a noticia que sua irmã (que mora nos EUA) vai se casar e ela e sua mãe não foram convidadas, Eun Sang se revolta e decide ir atrás de sua irmã para “parabenizá-la”. Mas chegando lá ela descobre que era tudo uma mentira, para conseguir dinheiro de sua mãe (sim, irmã bem filha da ****), e logo sua irmã foge deixando Eun Sang sem dinheiro e moradia.


Sem saber o que fazer, Eun Sang acaba sendo ajudada por um coreano, Kim Tan, e logo uma ligação surge entre eles.

Sério, esses dois... Não sei nem o que falar. A química que rolou entre os atores fez o romance parecer tão real, que a gente se apaixona junto! Os olhares, os abraços, até mesmo as brigas deixam todos emocionados.
Resultado de imagem para the heirs

Kim Tan no começo pode até parecer arrogante e metido, mas em minha opinião essa é meio que uma armadura que ele criou. Aos poucos ele vai mostrando o Kim Tan tímido, o carinhoso, e até um Kim Tan manhoso! Já Eun Sang é mais difícil de se deixar levar pelo amor. Um dos maiores clichês dos dramas é a diferença entre classes sociais e isso é bem grande na coréia. Mas mesmo assim ela acaba sendo uma mocinha admirável, com opinião e que enfrenta as coisas de cabeça erguida.  

Young Do é o personagem que vai fazer você questionar se deve mesmo torcer pelo mocinho. Na primeira cena que ele apareceu eu pensei: “que cara mais babaca, não gostei”, mas as coisas foram mudando aos poucos até eu não saber mais quem eu amava mais, Young Do ou Kim Tan. Ele nunca se apaixonou antes de conhecer Eun Sang, e não sabe expressar os seus sentimentos e como chamar a atenção dela. Então ele começa ser mau com ela, até ela perceber que ele está ali, apaixonado. Eu sei, uma lógica nada a ver! Mesmo com suas maldades, eu amei ele e o ator!

Kim Won e o irmão mais velho de Tan. No começo você pode até não odiar ele, mas vai preferir as cenas que ele não está. Mas ele também sofre por estar na família Kim, privado do amor da sua vida, Won sofre em silêncio. Sobre tudo, eu acabei me apegando muito no personagem, por que foi muito incrível ver a relação dele com Tan se desenrolar, além de que eu adorei o casal que ele forma com a tal garota.  

Uma das coisas que eu mais gostei nesse K-Drama, foi que mesmo tendo os personagens principais, ainda sim ele se foca nas histórias paralelas dos personagens secundários. Além de mostrar como é a vida dos filhos de grandes famílias, por trás dos rótulos de perfeitas.


Resultado de imagem para the heirs elenco

Com toda certeza valeu muito a pena assistir seus 20 episódios, e tem 90% de chances que eu o assista novamente! Hahaha! Foi difícil falar o que eu queria, por que tem tanta coisa que eu tenho medo de soltar um spoiler, mas consegui expressar como esse K-Drama é emocionante e o quanto eu o amei (além de me apaixonar pelos atores, também!). 

Vitória Michel

0 comentários:

Postar um comentário