segunda-feira

Resenha: A menina mais fria de Coldtown - Holly Black

Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas:  384
ISBN: 9788581634036
Classificação: 5/5

Sinopse: No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair. Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown. A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio.

O livro começa quando Tana acorda, depois de uma festa, dentro de uma banheira. Ela percebe algo estranho quando não escuta nenhum barulho na casa, como seria de se esperar. Ela entra em choque quando, ao entrar em um cômodo, vê os corpos de todos os amigos que estavam na festa, empilhados, mortos. É quando ela descobre em um quarto, Aidan seu ex-namorado, amarrado em uma cama, infectado, e Gavriel, um vampiro com muitos segredos e que, aparentemente tem uma afinidade com Tana.

Tana se surpreende ao ver-se ajudando o tal Gavriel a escapar de alguns vampiros que o estão perseguindo. Logo ela começa a sentir medo (bastante medo) e, ao mesmo tempo, atração por Gavriel, que aparentemente faz tudo para que ela se sinta bem. Muito fofo isso, mesmo ele sento um morto-vivo bebedor de sangue...

Tana começa a achar que pode estar infectada, e isso muda muita coisa. Então seu objetivo é levar ela mesma e Aidan para Coldtown (existem varias Coldtows, que são cidades aonde foram erguidos muros em volta, e é aonde os vampiros que são caçados são largados, junto com os infectados e os humanos que querem se tornar vampiros), aonde eles poderão se isolar e deixar que o Resfriado (é como chamam quando alguém está infectado) passe. E que por coincidência, é o mesmo destino de Gavriel.

Eu gostei bastante do livro, apaixonante e li bem rápido! O livro é narrado pela terceira pessoa, o que, na minha opinião, deixou mais fácil a leitura já que, alguns capítulos Tana esta mais nova, ou seja, uma lembrança, e outros capítulos se passam na casa de Tana, depois que ela não voltou da festa, contando como a irmã de Tana, Pearl, estava.


Recomendo esse livro, que mudou a visão dos vampiros, que foi deixada pela saga Crepúsculo. Nesse livro prova que pode se apaixonar por um vampiro que, sim, mata e bebe o sangue dos humanos.
Um livro cheio de terror e mistério, sangue e aventura. Audacioso e envolvente. A menina mais fria de Coldtwon, é um livro muito, muito bom!

A trama é uma série, o que me deixa muito ansiosa para o próximo livro. Já que no final o leitor fica imaginando e pensando no que acontece depois. Estou louca para ler o próximo.

                                                    Vitoria Broch Michel

Kamila Raupp

15 comentários:

  1. Adorei sua resenha. Li o livro e ele me deixou com mau sensação dúbia, não sei se gostei muito ou se faltou algo a mais pra me fisgar de acordo. Pretendo relê-lo em breve, acho que o li num momento em que deveria ter lido outro gênero. Mas sua resenha me deixou mais animada, pronto, vou reler sim. Alguns livros pedem e merecem isso de um leitor, para serem melhor absorvidos.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  2. oi flor, confesso que este foi um dos poucos livros da NC que não me atrairam!
    sinceramente não achei graça no enredo à primeira vista
    claro que depois dos seus comentários posso querer dar uma olhadinha mais especial, entretanto não seria por agora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ola Lindona já estou com esse livro e amei a premissa, o tema Vampiros pode ser tratado de diversas formas e nesse livro pelo que pude perceber trata de uma maneira mais real , e vampiros sempre me encantam sejam bons ou malvados kkkk. Adorei a resenha. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Ainda não li esse livro, mas quero lê-lo desde que o vi em lançamento, fiquei bastante curiosa com a divulgação que a editora e alguns blogs fizeram, e mais ainda quando vi algumas resenhas sobre ele. Eu até gosto dos vampiros que brilham no sol...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor!
    Que resenha! Haha. Gostei de saber que esse livro é tão bom quanto parecia. Estou curiosa com a leitura dele… Ainda não o li, mas já o tenho por aqui. Espero gostar tanto quanto você. Gosto de vampiros sanguinários e maldosos… Isso sempre exige uma decisão difícil de tomar por parte de quem os conhece.
    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Sou doida para ler esse livro desde que lançou, só não consegui encaixá-lo na minha fila de leitura.
    Adorei sua resenha, principalmente pelo fato de mudar nossa visão sobre os vampiros.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nossa, não sabia que era uma série! Estou a bastante tempo querendo ler esse livro e sua resenha me deixou com mais vontade. Gosto de histórias de vampiros (menos Crepúsculo), então acho que vou gostar!
    Beijo
    Choque Literário

    ResponderExcluir
  8. Olá Kamila( ou Vitoria) rs, como vão?
    Já ouvir falar sobre o livro, mas não me sentir muito curiosa sobre este livro, principalmente por saber que é uma série.
    Mesmo gostando um pouco do gênero.
    Mas enfim, parabéns pela resenha.
    Beijos e sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. Oi! Li esse livro faz alguns dias, e sinceramente, amei! Recomendo muito, achei Gavriel um fofo, agradecido a Tana por tê-lo salvado... e gostei do desfecho do livro também *-*
    Agora procurarei outros livros da Holly Black pra ler :3

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Tenho muita vontade de ler esse livro. Adoro vampiros, então esse tipo de livro sempre me atrai. Mas é verdade que muitas pessoas ficaram traumatizadas depois de Crepúsculo, kkkk, e evitam livros do tipo
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. EU AMEI ESSE LIVRO.

    Holly Black me ganhou com a história de Tana!!!!
    Meu personagem favorito foi o Graviel!!!
    Esse é o tipo de livro único que eu adoraria que tivesse uma sequência!
    Eu ameeei a forma como ela abordou o vampirismo.

    Gabriel - http://umpapoentrepaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. O livro me chamou atenção, já vi resenha otimas assim com a sua, mas por ser da autora Holy Black ficou com pé atras, pq o outro livro Boneca de Osso não vingou pra mim
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie. tudo bom?
    Não sou muito fã de livros com vampiros. pois todas as histórias que eu li tinham algum problema. Apesar disso, eu gosto da proposta desse livro e fiquei curiosa. Não sabia que era uma série.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Ru não sabia que esse livro era tão legal. Eu tenho ele e depois da sua resenha vou correndo ler. Adoro livros que tenham vampiros.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Victoria, tudo bem?

    Logo que esse livro lançou eu fiquei interessada na leitura. Gosto de livros de vampiros e tal, mas depois comecei a achar que A Menina Mais Fria não ia me agradar tanto, então meio que deixei a ideia de comprar esse livro de lado.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir