segunda-feira

Livro x filme: O Lado Bom da Vida


Livros X filme, tem o intuito de fazer uma breve resenha de comparação entre a adaptação para o cinema e o seu livro de origem/inspiração.


O livro x filme de hoje vai falar, do filme e livro, O Lado Bom da Vida. Primeiramente quero dizer que eu li o livro antes de assistir ao filme e que só fiz a leitura pois foi indicação de uma colega minha. Na época eu achei que valeria a pena, pois o filmes estava em alta nas redes sociais, em função de Jennifer Lawrence ter ganhado ao Oscar.

Mas eu não gostei muito do livro (você pode conferir minha resenha, aqui) e isso me desanimou a assistir ao filme. Por fim, acabei fazendo isso. E cara, o que foi esse filme? Se o livro já não me agradou tanto assim, o filme foi pior.

Calma, o filme não é ruim por inteiro, mas com certeza, deixou muitos leitores do livro decepcionado. O filme mudou grandes coisas do livro, e na minha opinião, influenciaram na essência da trama. Primeiro que mudou características e sumiu com alguns personagens importantes. No livro, o irmão de Pat é bem presente e pra mim isso, era importante para o desenrolar. No filme ele pouco aparece. Assim como Danny, o melhor amigo de Pat, ele era fundamental em algumas cenas e no filme, puf! Aparece aqui e ali e deu. O pai de Pat, foi outra decepção. Mudar suas características marcantes como, ser quieto e fechado, foi bem, bem ruim de ver.


Outro ponto que vou destacar, foi que no filme, os Jogos dos Eagles pouco aparecem. Já no livro, foi algo marcante para a saúde mental de Pat. Assim como o relacionamento com o seu Psiquiatra, foi triste ver que isso mal apareceu. Sério, eu achei tão legal no livro a relação e parceria dos dois personagens.
Não posso deixar de comentar, sobre o fato do filme, simplesmente largar logo de inicio, os motivos de separação de Pat e Nikki (e que Nikki foi aquela? :O Onde ficou a família? A distancia e anonimato em relação a Pat??) e a revelação de quanto tempo ele ficou internado. Essa parte no livro foi tão dramático e forte, e no filme meia dúzia de palavras e deu.

E claro, o que mais me irritou, a cena do concurso de dança. GENTE, O QUE FOI AQUILO??? Onde ficou o concurso bobinho para adolescente? Onde ficou a música Total Eclipse of the Heart e a calça amarela? A dança linda? E a torcida com a galera dos jogos? Mega decepção, terrível!


Mas ok, o filme não é só de total ruindade. Algumas coisas funcionaram melhor no filme, que no livro. No filme, foi mais fácil perceber os sinais de bipolaridade, já no livro eu simplesmente não conseguia captar. As cenas românticas foram muuuuuito melhores, toda vida. Assim, como os ensaios de danças, que fluíram de uma forma melhor.

E claro, as belíssimas atuações e o elenco de primeira. E confesso, Jennifer Lawrence me surpreendeu. Não é à toa, que ganhou o Oscar.

Por fim, nem livro e nem filme conseguiram me cativar. Não sei, mas não é algo que me deixou com expectativas elevadas e empolgada. Uma pena!


Placar final: livro 0 x 0 filme 

Kamila Raupp

4 comentários:

  1. Eu dormi assistindo ao filme,mas como sou guerreira dei um jeito de comprar o livro na esperança de que ele fosse melhor, só que ainda não tive coragem de ler hahhahaha.

    bjs
    http://confraria-cultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hey :)
    Po....eu gostei do filme kkkk
    Ta a parte da dança no concurso foi ruim mesmo mas gostei do filme.
    Ainda não li o livro.

    Beijos e se cuida
    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  3. Eu curti o filme, apesar de ter achado o livro bem ruim.

    Amei o blog, bjus!

    ResponderExcluir
  4. Eu não li o livro, mas eu fico com o filme. A história eu achei muito bom, bem executar um script, engraçado e inteligente. Abotoaduras entre Jennifer Lawrence e Bradley Cooper me espanta, posso dizer que é um dos melhores filmes dramáticos Cooper. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir