quarta-feira

Resenha: O Pacto – Joe Hill


Editora: Sextante
ISBN: 978-85-99296-88-2
Ano: 2010
Páginas: 317
Classificação: 5/5
Sinopse: Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim. 


O livro conta a história de Ig, um homem, que um dia acorda com chifres em sua cabeça. Faz um ano que Ig passou por uma terrível tragédia, sua namorada de muitos anos Merin, fui brutalmente assassinada. E ele é o principal suspeito.
Desolado pela perda dela, Ig volta ao local do crime, bêbado e no dia seguinte, além da ressaca, acorda com dois “belos” chifres. O mesmo fica com medo do ocorrido e resolve procurar ajuda, e para sua surpresa ao encontrar as pessoas, as mesmas parecem não perceber os chifres. E começam a contar os seus mais profundos, bizaros e obscuros segredos e vontades.

O Pacto é o primeiro livro do autor Joe que leio. Estava há bastante tempo com ele na minha lista e com uma vontade imensa de lê-lo.
No inicio, foi difícil a história pegar ritmo. Não conseguia me conectar com o enredo. Acredito que isso, aconteceu só comigo. E pelo contrario do que vocês, talvez, estejam pensando. Eu amei o livro.

Quando a história começou a fluir, foi difícil de largar o livro. Os personagens são muito bem elaborados. Tanto, que todos, sim, todos de alguma forma despertaram meu interesse por mais e mais informações sobre os mesmos. O autor é simplesmente fantástico. Criando esse mundo todo que O Pacto propõem ao leitor.  É um livro com muitas reviravoltas, muitas mudanças e que deixa o leitor aflito, torcendo e querendo a resolução de tudo logo.

Mas uma dica antes de tudo. O livro é ótimo, é incrível e com certeza recomendo. Mas, se você não é alguém de “mente aberta”, meu conselho é que não leia o livro.
Ig se torna um demônio e dessa forma, o diabo é muito mencionado ao longo de toda a leitura. Coisas obscenas, coisas ruins e más também. Assim como Deus VS o diabo.

Acredito que por traz de toda essa trama, o que realmente é abordado é a “mascara” que nós criamos em nós mesmo. Pois imagine, se você pudesse falar tudo, tudo que se passa na sua cabeça. Suas vontades e desejos mais sombrios. O livro pra mim foi um apanhado de tudo isso. Foi um livro, que mudou alguns pensamentos meu sobre muitas coisas.

E ah, espere muito, muito de O Pacto. E com toda certeza, ele irá superar todas.  

Avaliação Completa:

Capa: 
5/5
Narrativa: 
5/5
História: 5/5

Kamila Raupp

2 comentários:

  1. Gostei muito da sua resenha. Deixou bem claro o que esperar do livro. Eu tenho muita vontade de ler. Está na lista.

    Beijos,
    Carissa
    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente ainda não tive oportunidade de ler este livro, mas está na minha lista e pelo que leio nas resenhas, irei gostar muito dele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir