quinta-feira

Assistindo e Resenhando #10

Essa coluna semanal, tem como intuído falar de filmes e indicar um filme para você leitor que não é só viciado em livros. No post de hoje eu vou falar o que eu achei sobre o filme Meia Noite em Paris.


Título: Meia Noite em Paris

Direção: Woody Allen

Duração: 100 min.

Gênero: Comédia Romântica

Classificação: 4/5


No filme Meia noite em Paris, Gil é um roteirista de filmes hollywoodianos querendo entrar na carreira de escritor de romances, além de ser completamente apaixonado pela Paris dos anos 20. Inez sua noiva é uma mulher patricinha rica e mimada e que pouco liga para os anseios do marido, só quer saber de seus próprios desejos e de aprender um pouco mais sobre arte com Paul, um velho amigo pseudo-intelectual. Gil e Inez resolvem passar as férias na cidade luz, Paris. Mesmo diferentes um do outro, eles mantêm uma relação aparentemente estável.

Certa noite, ao fugir de mais um encontro pedante com Paul, Gil resolve caminhar pelas ruas de Paris, meio bêbado ele acaba aceitando uma carona que o transporta magicamente no tempo, que o leva ao que parecia ser uma festa de época. Mas nem tudo que parece é verdade, ele percebe que está no meio de famosos ícones culturais da época de ouro parisiense, fazendo com que ele tenha a chance de conhecer e tornar-se próximo de seus artistas preferidos do passado. Assim, ele encontra F. Scott Fitzgerald, Ernest Hemingway, Pablo Picasso, Luis Buñuel, Salvador Dali, Cole Porter. Assim ele retorna todas as noites para este mundo.

O diretor não explicar como o protagonista se desloca no tempo, mostrando que o que importa mesmo é a jornada do personagem e não os artifícios que existem por trás dela. Um filme encantador, leve e delicioso de assistir. Com um final surpreendente.

Ariane

10 comentários:

  1. Olá :)
    Eu tenho esse filme no pc mas ainda não vi :O
    Depois deste texto,vou ver agora mesmo *---*

    Beijos Ariane e cuide-se

    ResponderExcluir
  2. Que mágico!!

    Adorei a dica!!

    Paris é mesmo apaixonante!

    Já anotei aqui o nome do filme para tentar assistir depois.


    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word in My Bag

    ResponderExcluir
  3. Eu assisti! E também gostei do filme!

    Bjo,
    Daniela Tiemi
    www.livrosfilmesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ariane! Como vai?

    Lembro-me bem que na época em que "Meia noite em Paris" foi lançado, só se falava nele, e creio que com razão, pois me parece ser um ótimo longa por parte de Woody Allen.

    A temática, em todos os termos possíveis, me atrai. Adoro essa atmosfera parisiense antiga, acho que tem um charme todo especial. E misturar tantos bons artistas deve ser simplesmente fantástico. Só está faltando a oportunidade para que eu assista.

    Beijinhos,
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  5. Nossa, não conhecia o filme mas parece ser muito interessante. Vou procurá-lo para poder assistir.

    beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  6. Não assisti este filme e nem conhecia, mas ADORO este ator e vou correndo dar um jeito de ver!

    Bia | www.livroseatitudes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha Ariane!
    Ainda não assisti esse filme, mas fiquei morrendo de vontade agora.

    Kamila recebi o livro hoje!
    Amei o livro e a caixinha que veio com ele e também o batom!
    Muito obrigada!!!
    BjO

    ResponderExcluir
  8. Oi, Kamila, seu blog também é uma delícia, adoro livros e sou apaixonada por filmes. Estarei sempre por aqui. bjs. Marina
    vidasimplesefelizpormarina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Kamila, eu gosto muito dos atores e do Woody A. , mas não consegui captar a magia do filme. Eu o achei cansativo. MAs gostei da trilha sonora, da filmagem e da parte que há história antiga ;-)
    Bjks

    ResponderExcluir
  10. Confesso que esse filme não é o meu favorito de Woody Allen. Para que assistiu "Poderosa Afrodite", uma comédia com pitadas de drama, sabe que o melhor estilo Woody Allen não está presente nesse filme. Gosto demais do protagonista, mas para mim faltou alguma coisa. Para mim. Sei de várias pessoas que amaram o filme.

    ResponderExcluir